Dicas Uneworld

HISTRIA

Click aqui para imprimir

No dia 27 de outubro de 1492, Cristóvão Colombo avistou a ilha durante sua primeira viagem à América . A ilha, que então era habitada por povos indígenas , tornou-se uma colônia da Espanha. Em 1762, a cidade foi ocupada brevemente pelo Reino da Grã-Bretanha, porém retornou à posse da coroa espanhola depois de uma troca pelo território da Flórida. Uma série de rebeliões durante o século XIX não logrou pôr fim ao domínio espanhol.

No entanto, as tensões entre a Espanha e os Estados Unidos que provocaram a Guerra Hispano-Americana, que resultou na retirada dos espanhóis e a ocupação da ilha pelos Estados Unidos, entre 1898 e 1902,, ano este em que Cuba conquistou formalmente a sua independência. Durante as primeiras décadas do século XX, os interesses norte-americanos predominaram em Cuba, e os Estados Unidos exerceram grande influência sobre a ilha. Isto terminou em 1959, quando o ditador Fulgencio Batista foi deposto pelos revolucionários, após dois anos de intensa guerrilha, liderados por Fidel Castro. Foi então promulgada a nova constituição, a chamada Lei Fundamental,  na qual ainda não estava expressa a opção pelo socialismo.

A rápida deterioração das relações com os Estados Unidos levou à aliança da ilha com a União Soviética, e à transformação de Cuba numa república socialista. No entanto, formalmente, a definição de Cuba como "um Estado socialista de trabalhadores" só aparecerá na Constituição de 1976. Fidel Castro ocupou o poder desde 1959, inicialmente como primeiro-ministro e, depois de 1976, como presidente, cargo que exerceu até 2006, quando delegou seus poderes ao seu irmão mais novo, Raúl. Finalmente, em 19 de abril de 2011, Castro retirou-se oficialmente da vida política do seu país.

Seu povo, sua cultura e seus costumes se formou por influencia de diversas culturas oriunda dospovos Taíno e Ciboney, originarios da ilha, dos espanhois que a colonizaram e pela incorporação de escravos africanos devido a sua proximidade com os Estados Unidos.

 

CURIOSIDADE

Há quem diga que os cubanos gostam de ganhar "mimos" por tudo que fazem, então esteja preparado para ter que "pagar" por uma foto em algum ponto turístico ou artista de rua que chame a atenção.

JANTAR

Um almoço ou jantar em um bom restaurante em La Habana Vieja sai, na média, por 20 CUCS, ou seja, cerca de 40 reais.

TOMADA

A voltagem costuma ser de 110 volts, mas há algumas tomadas 220 volts. As tomadas são do tipo americano, com dois pinos planos de entrada, porém também é possível encontrar as do tipo europeu, com dois pinos redondos de entrada.

FUSO HORRIO

Duas horas a menos em relação a Brasília, quando estamos em horário de verão.

GASTRONOMIA

A cozinha crioula cubana é uma explosão de sabores cuja origem está na mestiçagem de ingredientes e formas de cozinhar, própria de suas origens:da Espanha, África, as Antilhas e, em medida menor,do Oriente.
Os espanhóis legaram o uso de legumes, do arroz, dos cítricos como laranja e limão, e da carne de vaca.
Os africanos trouxeram a presença de inhãme; e do Novo Mundo a mandioca, o milho, o batata doce ou quimbombó.

Um pouco diferentes dos Europeus, que fazem das refeições grandes cerimonias, os cubanos preferem um prato único e satisfatório, tal como na cultura africana. Recomendamos o verdadeiro arroz à cubana com bananas, ovos, carne, cebola e outros ingredientes ou o arroz com frango acompanhado de queijo ralado, o congrí, preparado com feijão roxo
ou o famoso arroz "mouros e critãos", onde o comensal mistura os ingredientes à seu gosto. Todos eles são uma delícia. Quanto á peixe, ficará surpreso que seu consumo não seja muito popular, pois os cubanos preferem carne, porem não deixe de experimentar a lagosta à borboleta na chapa acompanhada de uma deliciosa sopa de camarões e milho, cebola e maçã, entre outros ingredientes.

Também poderá desfrutar de gostosos caranguejos. As carnes de porco e vitela têm a maior demanda. O porco assado, acompanhado de feijão preto e arroz, ou o picadinho, com carne de boi cortada em troós e acompanhada de verduras, todos dois são uma delícia. Porém, o prato mais tradicional é o ajiaco, cuja preparação leva tempo pela quantidade de ingredientes. Para terem uma ideia, este prato consiste em carne de porco, toucinho, batata doce, malanga, mandioca ou cabaça, milho tenro, bananas, molho crioulo e uma série de elementos mais. Como acompanhante de muitos pratos encontrará os plátanos chatinos ou tostones, bananas
"machos" em fatias e o fufú, onde as bananas são amassadas com o punho e fritas.

Experimente o chicharrón, corteças de porco bem fritas, e os bobós, feitos com farinha de mandioca. As so
bremesas são muito a base de frutas como o coco, goiaba ou fruta bomba ou mamão, se preferir
opte por um delicioso sorvete preparado com baunilha e canela ou tente o arroz com leite, o boca
dilhos  de coco ou os pudins.Quanto às bebidas, recomendamos  beber água engarrafada. Vinhos podem se conseguir nos restaurantes de luxo, por serem de importação. Aconselhamos acompanhar os pratos com uma
boa cerveja cubana. Entre as marcas mais populares encontrase a Bucanero, a Cristal e Hatuey.
Quanto às bebidas espirituosas, o rei é o rum, o álcool mais consumido no mundo, com o qual
preparam excelentes cocktails como o mojito.

 

MOEDA

A moeda local é o CUC. Lembre-se de que em Cuba não são aceitos cartões de bancos ou bandeiras norte-americanas, portanto confira a nacionalidade de seu cartão antes de embarcar. Caso queira trocar dinheiro por CUC, leve euros ou dólares canadenses, pois é cobrada uma taxa alta para dólares norte-americanos. O CUC só pode ser trocado em Cuba. Por isso, troque somente o necessário para não voltar ao Brasil com notas cubanas.

CLIMA

Subtropical moderado, tem em sua estação seca (novembro a abril) temperaturas de 26-29º enquanto no verão (restante doano) as temperaturas rondam os 32º, e a média da água do mar é de 25º ao longo da costa.

COMPRAS

Pelas proprias condições econômicas do país, não ha muitas opções de compras.

Se limitam principalmente a souvenirs, artesanato, charutos e rum.E os preços em media são os mesmos nas lojas e nos hotéis. Poderão ser parados na rua por moradores locais, que oferecem charutos a preços mais acessíveis. Cuba tem para comprar os souvenirs básicos de viagem e os famosos charutos e rum.

DATA

NOME EM PORTUGUÊS

1º de Janeiro

Triunfo da Revolução e Confraternização Mundial

1º de Maio

Dia do Trabalhador

26 de Julho

Comemoração do Assalto ao Quartel Moncoda

10 de Outubro

Dia da Indepedência

25 de Dezembro

Dia de Natal

 

TXI

Os taxis não tem taxímetro, você deve negociar antes de subir. Tem os coco taxis, que foram criados para os turistas, e tem esse nome porque realmente parecem um coco amarelo.

TELEFONE

DDI - 53

Código internet - .cu

Código da cidade - 45

Emergência - 106 (polícia)

RECOMENDAES

Não obstante o dólar hoje está sendo aceito em Cuba, o cambio de dólares a CUC está gravado com uma defasagem de 10 %. Por isso é melhor levar Euros que tem melhor cotação.  Os cartões de crédito não são facilmente aceitas em todos os lugares, somente nos hotéis, restaurantes de luxo e lojas mais tipo internacional e somente serão aceitas aquelas  que não estejam emitidos por bancos dos Estados Unidos. Na chegada ao aeroporto, troque algum dinheiro para CUC para os primeiros gastos. De preferência solicite bilhetes pequenos.  Troque sempre em casas de cambio oficiais do estado ou em Bancos.  Não aconselhamos trocar na rua.Na saída do país poderá trocar o dinheiro que lhe sobrou para euros. Recomendamos levar seus próprios remédios, especialmente aqueles que são de uso continuo. Recomenda-se levar também analgésico e anti-histamínicos para dores de cabeça ou mal estar produzido por exposição constante ao sol e por picadas de insetos... Se for alérgico, não esqueça de levar os remédios indicados. Também não esqueça do boné ou chapéu e óculos de sol, além de bloqueador solar.. Se sofre problemas gástricos, consulte os ingredientes utilizados na  preparação das  refeições. A gastronomía é variada e se utilizam diversos ingredientes e temperos.