Dicas Uneworld

CURIOSIDADES

O país tem a 9º maior economia da América Latina e a 2º maior economia na região do Caribe e da América Central. Apesar de ser muito conhecida pela agricultura e mineração, a economia local está agora dominada pelos serviços. Aproximadamente a metade dos dominicanos vivem em áreas rurais, e muitos deles são donos de pequenas propriedades. Sua língua é um dialeto espanhol descrito como mocha'o que tem a tendência de simplificar o som de alguns grupos de consoantes.

MOEDA

Peso dominicano.

FUSO HORRIO

- 4 horas.

HISTRIA

É o destino mais visitado de todo o Caribe. Como um dos países mais geograficamente diversificado da região, possui o morro mais alto do Caribe, o Pico Duarte, bem como o maior lago e a menor elevação da região, o Lago Enriquillo. Estes contrastes geram uma grande diversidade biológica.  O país também abriga a primeira catedral, castelo, convento e fortaleza de todo o continente americano, localizado na Zona Colonial de Santo Domingo, uma área declarada como Patrimônio Mundial pela UNESCO. A música e o esporte são de grande importância na cultura local, sendo merengue e bachata a dança e a música nacional, bem como o basebol é o esporte favorito.


Os povos taínos habitaram o que é hoje a República Dominicana, desde o século VII. Cristóvão Colombo desembarcou na ilha em 1492 e formou no local o primeiro assentamento europeu permanente na América, a cidade Santo Domingo, a capital do país e a primeira capital do Império Espanhol no Novo Mundo. Depois de três séculos de domínio espanhol, com interferências de franceses e haitianos, o país tornou-se independente em 1821.

O governante José Núñez de Cáceres pretendia que o país fosse parte da nação da Grã-Colômbia, mas ele foi rapidamente removido do governo pelo Haiti e por revoltas de escravos "domoinicanos". Tropas do Haiti ocuparam o território entre os anos de 1822 e 1844. Após a libertação, o país adotou o nome de República Dominicana.  Após a vitória na Guerra de Independência Dominicana em 1844, os dominicanos experimentaram um conflito interno ao longo dos próximos 72 anos e também um breve retorno ao domínio espanhol.

A ocupação pelos Estados Unidos entre 1916-1924 foi um período de seis anos calmos e prósperos.  Porém, este período foi seguido, pela ditadura de Rafael Leónidas Trujillo Molina, que durou até 1961. Até 1965 houve um período de guerra cívil, que foi encerrada pela intervenção liderada pelos Estados Unidos e foi seguida por um governo autoritário entre 1966 a 1978. Após este período, a República Dominicana se tornou uma democracia representativa.

 

COMPRAS

São numerosos os artigos, peças e souvenirs que podem ser adquiridos neste país.  Com exceção dos hotéis e centros comerciais de prestígio, vale a pena pechinchar sem vergonha, pois o preço inicial sempre é muito superior ao valor real do objeto.

As lojas dos museus em Santo Domingo e Puerto Plata são ótimos lugares para comprar âmbar nativo ou pedra larimar azul, encontrada somente na República Dominicana. O âmbar é considerado como um poderoso talismã contra as vibrações negativas. A sua fama aumentou devido ao filme "Jurassic Park", onde aparece um mosquito (do que se tira o DNA) no interior de uma pedra de âmbar. As outras duas pedras famosas dominicanas são o larimar (espécie de água marinha ou de turquesa) e o coral. A primeira é conhecida como a turquesa dominicana, enquanto que o coral encontra-se em cor vermelha e preta. Com elas elaboram-se colares, pulseiras, brincos ou anéis. Assim como o âmbar, o recomendável é adquirir os trabalhos de larimar e coral preto ou vermelho em lojas de prestígio.

Os famosos charutos também estão disponíveis em qualquer lugar, mas é interessante visitar e comprar em uma fábrica, como a fábrica de tabaco León Jiménez, onde são enrolados a mão 20 mil charutos por dia. A loja de fábrica, chamada Colmena, é um ótimo lugar para comprar charutos e rum, vendidos de várias marcas, cores e idades. Pechinche nos mercados, quando estiver comprando pinturas coloridas ou artesanato, mas nunca nas lojas.

Outro artigo bastante procurado são as cadeiras de balanço de caoba e guano, as melhores para descansar. Para facilitar seu transporte, as lojas costumam desmontá-las e empacotá-las de forma adequada. Outra peça bastante interessante são as bonecas sem rostos, símbolo do país. Trata-se de preciosas figurinhas de mulheres em barro cozido.

As canastras, os chapéus e os cestos de palha são outros dos artigos mais procurados. Não se esqueça de levar alguma peça talhada em caoba ou madeira de guayacán (una madeira muito dura) ou então algum artigo elaborado com osso e coco. Quanto a móveis, nada melhor que os elaborados com bejuco, bambú ou rattán, a preços bem acessíveis.

Para os amantes das moedas, na República Dominicana ainda podem ver as encontradas nos barcos espanhóis afundados durante os tempos da colônia. Com elas, costumam fazer peças de joalheria.

Você pode ainda adquirir uma pintura haitiana. Elas são chamativas e de vivas cores. Finalmente, não se pode abandonar o país sem ter adquirido uma boa garrafa de rum dominicano e uma caixa de charutos, dois produtos dos mais característicos do país.

Feriados Nacionais

Feriados

Data

Nome em português

 

Observações

1 de janeiro

Ano Novo

   

6 de janeiro

Epifania

 

Feriado católico

21 de janeiro

Dia de Nossa Senhora de Altagracia

 

Feriado católico

26 de janeiro

Dia do Pai da Pátria (Juan Pablo Duarte)

   

27 de fevereiro

Dia da Independência

 

Feriado nacional

1 de maio

Dia do Trabalho

   
 

 

CLIMA

O clima na República Dominicana é tropical úmido. A temperatura média anual oscila entre 18°C e 27°C.  A localização geográfica do país determina características de um clima agradável, dominado principalmente pelos ventos alísios do noroeste e as variações locais, estão condicionadas pelo relevo de suas cordilheiras que se localizam entre vales, rios, mananciais e planícies costeiras na República Dominicana, a estação chuvosa (chuvas frequentemente torrenciais) começam em maio e terminam em outubro. A estação chuvosa é mais quente e úmida do que a estação seca, que dura de novembro a abril. Noites frescas no inverno. Há riscos de ciclones no país entre setembro e novembro. Quando não sopra nenhuma brisa, o calor é asfixiante durante o verão no litoral.  A época mais agradável para visitar o país é de dezembro a abril, quando os termômetros ficam na faixa dos 25º.

TELEFONES

1 809 e 1 829 / Código de internet: .do

DOCUMENTAO E VACINAS

passaporte com validade de 6 meses e certificado da vacina de febre amarela internacional emitida com 10 dias de antecedência a data da viagem.

GASTRONOMIA

A comida típica dominicana é muito saborosa e variada. Sofreu influência dos espanhóis e africanos, povos que migraram e moldaram o perfil social e cultural da nação. O prato conhecido como "la bandera" é arroz, feijão (branco, vermelho ou preto) carne, legumes e plátanos fritos verdes,  que são bananas da terra (verde) preparadas de uma forma especial. O sancocho dominicano é uma variação gastronômica do cozido espanhol e cada região do país tem seu estilo próprío de prepará-lo.

Outros pratos típicos regionais são: o "Peixe com Coco" de Samaná; o Chivo de Azuae o Chivo Liniero (Cabrito) De Montecristi, nestes pratos a carne do cabrito tem um sabor peculiar muito bom, porque na alimentação diária no campo ingerem orégano do campo, que tempera sua carne enquanto vivo. Também os deliciosos "puerco en puya" (porco inteiro assado no espeto), "pasteles en hoja" (semelhante a pamonha paulista, substituindo o milho por viveres enrolado em folha de bananeira), "chicharrones de pollo" (torresmo de frango) e "pica-pollo" (frango frito após ser passado por farinha de trigo). Entre as bebidas típicas, temos: Cerveja Presidente, Rum-Brugal, Barcelo, Bermudez (o chamado B Três de Rum Dominicana) e Mama Juana, uma mistura de ervas e casca deixadas de molho em rum, vinho tinto e mel.